Vaqueiros

  • Missa

    - Domingo, 17:30h | Igreja Paroquial

  • Sobre

    Situada na margem esquerda do rio Alviela, Vaqueiros não dispõe de notícia histórica, nem de toponímia que ateste a sua antiguidade. Mas terá sido povoação nobre, onde viveram muitos fidalgos, como o afirma Fr. Agostinho de Santa Maria em Santuário Mariano.

     

    Pertenceu ao termo de Santarém, mas passou para o de Pernes que se extinguiu em 24 de Outubro de 1855, depois do que foi incorporado no concelho de Santarém.

     

    Parece que só depois do século XVI é que a sua ermida de Santa Maria passou a igreja paroquial. Hoje o orago da paróquia é o Divino Espírito Santo.

     

    No seu património artístico e cultural figura a matriz quinhentista, mas muito adulterada por obras e restauros. Na fachada deste templo, mostram-se dois registos cerâmicos seiscentistas que figuram Nossa Senhora do Rosário a salvar uma embarcação em perigo, e a Pomba do Espírito Santo, orago da Paróquia.

     

    Duas sepulturas no pavimento do templo, uma de 1620 com as armas dos Leitões e outra de 1579 com as dos Coutinhos atestam a existência de nobreza e são o que de mais antigo se conhece.

     

    Registe-se ainda a imagem da Santíssima Trindade, mutilada, quinhentista, de pedra, e outra que se pensa ser de S. Cristóvão.