Olaia

  • Missas

    - Domingo, 10:30h | Igreja Matriz (1º domingo do mês)
    - Domingo, 09:00h | Barroca (excepto 1º domingo do mês)
    - Domingo, 10:30h | Árgea (excepto 1º domingo do mês)
    - Domingo, 11:00h | Pé de Cão (excepto 1º domingo do mês)
    - Domingo, 12:00h | Lamarosa (excepto 1º domingo do mês)
    - Domingo, 10:00h | Chícharo (4º domingo do mês)
    - Sábado, 18:00h | Valhelhas (excepto véspera do 1º domingo do mês)
    - Terça-Feira, 16:00h | Barroca
    - Quarta-Feira, 17:00h | Árgea
    - Sexta-Feira, 10:30h | Pé de Cão
    - Quinta-Feira, 17:00h | Lamarosa

  • Sobre

    A paroquial de Olaia, naquele ermo em que a erigiram, ainda é fermento de união entre os habitantes da paróquia. Nossa Senhora do Ó, sua padroeira, tem imagem preciosa na posse do Museu Nacional de Arte Antiga. Mas a pia baptismal, ultimamente recuperada, guarda memória de D. Manuel Mendes da Conceição Santos, que foi arcebispo de Évora e cuja causa de beatificação decorre. Data de 1725 o primeiro registo paroquial.
     

    A comunidade é constituída pelas localidades de Árgea, Barroca, Chícharo, Lamarosa, Pé de Cão e Valhelhas espalhadas por uma área de  24,5 km2.
     

    Do seu património artístico são de referir os templos das localidades atrás referidas com destaque para o de Árgea; a imagem setecentista de Nossa Senhora do Rosário, de madeira policromada e estofada, na paroquial; as pinturas murais setecentistas e as imagens de Nossa Senhora da Conceição, de madeira policromada e estofada, e de Santa Marta e de Santo Amaro, de madeira policromada, em Árgea; a de Nossa Senhora Mãe dos Homens, de madeira policromada e estofada, em Lamarosa; e a de S. Bartolomeu, quinhentista, de pedra, em Valhelhas.