Rio Maior

  • Missas

    - Segunda-Feira, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Terça-Feira, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Quarta-Feira, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Quarta-Feira, 10:30h | Lar D. Fausta (2ªs 4ª-feiras)
    - Quarta-Feira, 15:30h | Lar da S. C. Misericórdia (2ªs 4ª-feiras)
    - Quinta-Feira, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Sexta-Feira, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Sexta-Feira, 09:00h | Igreja da Misericórdia
    - Sábado, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Domingo, 19:00h | Igreja Paroquial
    - Domingo, 12:00h | Igreja Paroquial

  • Confissões

    - Quarta-Feira, 16:30h - 19:00h | Igreja Paroquial
    - Sexta-Feira, 16:30h - 20:00h | Igreja Paroquial

  • Sobre

    A paróquia de Rio Maior tem como orago Nossa Senhora da Conceição. Não se pode precisar, correctamente, a data da criação desta paróquia, mas tudo indica que ela foi instituída antes de 1774. De facto, neste ano, terminaram as obras de construção da igreja paroquial, situada na margem direita do rio Maior e da qual só resta a torre que se encontra no actual cemitério. Foram as obras desta igreja pagas pelo marquês de Penalva.

     

    Em 1875, surgiu uma tentativa de dotar a paróquia de outra igreja, que veio a ser construída no Alto dos Bombeiros. Mas esta igreja durou apenas quarenta anos, depois do que os actos de culto se realizavam na igreja da Misericórdia, que passou a funcionar como igreja matriz. Em 1946, iniciou-se um movimento no sentido de se construir nova igreja. Em 30 de Abril de 1961, foi lançada a primeira pedra e a 20 de Maio de 1968, procedia-se à sua solene inauguração.

     

    Do património artístico, são dignos de registo, na paroquial, alguns paramentos e as imagens de Nossa Senhora da Conceição, de madeira policromada e de Nossa Senhora da Conceição, de marfim, e três Crucifixos, dos quais um de marfim. Na igreja da Misericórdia, o destaque vai para as imagens do Senhor dos Passos (roca), Nossa Senhora das Dores e o Senhor Morto, de madeira policromada, e para o tríptico de Nossa Senhora, Santa Ana e Menino Jesus, de madeira.