Vila Nova da Barquinha

  • Missas

    - Terça-Feira, 10:00h | Igreja Paroquial
    - Domingo, 12:00h | Igreja Paroquial

  • Sobre

    A igreja matriz de Vila Nova da Barquinha começou a ser edificada em 1801, tendo sido inaugurada em 1874. O período da sua construção coincidiu com o acentuado desenvolvimento do aglomerado populacional que a rodeava, face à prosperidade económica advinda duma frutuosa relação com o Tejo, que banha a localidade e que a ajudou a caracterizar, ao tempo, e até ao advento do caminho de ferro, como um importante entreposto comercial ligado ao trânsito fluvial e à actividade piscatória. A ponto de, em 1836, a rainha D. Maria II ter elevado a Barquinha a sede de concelho, e por alvará de 1839, lhe ter concedido a categoria de Vila, com a denominação alterada para Vila Nova da Barquinha.

     

    A igreja matriz, que viu os seus longos 73 anos de construção maculados pelas invasões francesas e por um extenso rol de inerentes vicissitudes, é um templo amplo, de sólida construção, e acolhe hoje no seu interior um espólio de arte sacra transferido da velha paroquial, que existiu no lugar da Barca e serviu a comunidade local até 1874.

     

    Foi neste contexto e durante o século XIX que a paróquia da Barquinha teve a sua erecção canónica, mais concretamente no mês de Junho de 1838, e houve por orago Santo António, cuja devoção se mantem desde então e veio a culminar nas grandes festas concelhias anuais, dedicadas ao santo taumaturgo português.