Peregrinação Internacional Aniversário de 13 de maio

Peregrinação Internacional Aniversário de 13 de maio
Reitor do Santuário de Fátima desafia peregrinos a acender uma vela e a unirem-se em oração pelo fim da pandemia e pela paz no Mundo

O Santuário de Fátima divulgou no dia 7 de maio uma mensagem em vídeo do padre Carlos Cabecinhas, no âmbito da Peregrinação Internacional Aniversária de maio.

O reitor indica que os 7500 peregrinos presentes nas celebrações serão “menos do que aqueles que gostaríamos que pudessem estar presentes na grande esplanada” que é o Recinto de Oração do Santuário de Fátima.

“Como sabeis, ainda não adquirimos os níveis de vacinação que nos permitam encarar com tranquilidade esta pandemia, que nos vai surpreendendo sempre”, recorda, afirmando que por isso “não é ainda o tempo de nos juntarmos todos”.

A mensagem de Fátima “foi deixada por Nossa Senhora num contexto igualmente difícil de guerra, de doença, de privação”, lembra o sacerdote, que falou ainda da “mensagem de Esperança” deixada aos Pastorinhos.

“Apesar do sofrimento, até na doença, os Santos Francisco e Jacinta Marto nunca desistiram: não desistiram de acreditar, de se confiar e de confiarem em Deus”, pede o padre Carlos Cabecinhas.

O reitor do Santuário de Fátima, falou ainda do vírus que “atormenta e nos afasta da possibilidade de celebrarmos a nossa fé”, mas alerta que “não pode ser mais forte de que a esperança, a certeza e a alegria de nos sentirmos amados por Deus”.

Este ano as seis peregrinações internacionais aniversárias, de maio a outubro, têm por base o tema do Ano Pastoral: Louvai o Senhor, que levanta os fracos.

“Façamos da fragilidade uma oportunidade para recuperar a verdade e a autenticidade da nossa fé e confiemos a nossa fragilidade a Nossa Senhora, que é mãe e protetora”, desafiou o sacerdote.

O padre Carlos Cabecinhas pediu ainda para que ninguém se deixe “abater pelo desânimo”.

“Os que não puderem vir, acendam uma vela e rezem connosco na vossa igreja, na vossa casa, ligados a Fátima, e unidos a Nossa Senhora em oração”, pois “a oração restitui o conforto e ajuda a vencer os medos”.

“Juntos rezaremos pelo fim da pandemia e pela paz no Mundo”, disse ainda.

“Tenhamos esperança de que os dias mais difíceis irão passar e em breve nos poderemos reencontrar na Cova da Iria”, concluiu.

A Peregrinação Internacional Aniversária de maio volta a ser celebrada com peregrinos no Recinto de Oração, mas de forma ainda restrita, isto é, apenas poderão estar nas celebrações 7.500 peregrinos.

Em articulação com as autoridades de saúde, como sempre fez, o Santuário garantirá uma vez mais o acolhimento dos peregrinos, em total segurança, prosseguindo a aplicação das regras em vigor neste contexto de pandemia em todas as celebrações como o uso obrigatório de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos.

Este domingo, dia 9 de maio, a lotação já será limitada a 7500 peregrinos na missa das 11h00, no Recinto de Oração.

As entradas no Recinto far-se-ão por oito portas, devidamente assinaladas, nos lados norte e sul do Santuário. Nas entradas estarão acolhedores, com dispensadores de álcool gel, que indicarão os lugares para onde deverão seguir os peregrinos que se devem manter no mesmo sítio durante as celebrações. No interior do Recinto haverá igualmente acolhedores para acompanhar os peregrinos. No total estarão envoltas 80 pessoas entre funcionários do Santuário e voluntários, incluindo, desta vez, alunos do Colégio de São Miguel.

Os espaços ao longo do Recinto estão assinalados por círculos e em cada um poderão ficar apenas peregrinos que pertençam ao mesmo agregado.

Domingo, 9 de Maio de 2021