Encontro das Crianças da 1ª Comunhão com o Sr Bispo – Eis uma tradição que se vem repetindo ano após ano.

Encontro das Crianças da 1ª Comunhão com o Sr Bispo – Eis uma tradição que se vem repetindo ano após ano.

Encontro das Crianças da 1ª Comunhão com o Sr Bispo – Eis uma tradição que se vem repetindo ano após ano.

Sem comentários em Encontro das Crianças da 1ª Comunhão com o Sr Bispo – Eis uma tradição que se vem repetindo ano após ano.

 

A nossa igreja catedral foi pequena para receber as centenas de crianças que, vindas de diversas paróquias da diocese, acompanhadas de catequistas e pais, responderam ao convite do sr D. Manuel e participaram no encontro das crianças da primeira comunhão.

Este ano o encontro foi já abençoado pela celebração de Pentecostes e estamos certos que o Espírito Santo esteve presente, alimentou, fortaleceu e deu mais vida a estas crianças e acompanhantes.

O Encontro teve o seu início cerca das 14: 30 h, por essa hora já muitos grupos estavam diante da Sé esperando para entrar. Era visível a alegria, a vivacidade e o colorido que “emprestavam” ao largo da Sé.

Entraram pela porta que é Cristo, de seguida foram cumprimentar Jesus presente em todos os sacrários da Terra. À saída da capela do Santíssimo foram acolhidas pelo sr D. Manuel Pelino, que lhes ia perguntando o nome e donde vinham. Assinalaram a presença no mapa da diocese e foram enchendo a Sé de bandeiras com frases bíblicas alusivas à eucaristia.

Já todos devidamente acomodados e com grande animação (assegurada este ano pela comunidade das Sementes do Verbo)  foram colocando algumas questões ao Senhor Bispo, indagando sobre o sentido da Comunhão, como Jesus se torna  presente no Pão e no Vinho, como nos devemos preparar para receber a Comunhão. Também os pais questionaram sobre a importância de preparar a Comunhão e qual deve ser a sua missão na educação da fé dos filhos. Prontamente D. Manuel Pelino respondeu e esclareceu as dúvidas que poderiam existir. O Diácono Paulo Campino ajudou a compreender alguns símbolos episcopais, a missão do bispo diocesano e apresentou a igreja mãe.

A seguir foi tempo de retemperar as forças com um lanche.

Cerca das 17h iniciou-se a Eucaristia presidida por D. Manuel Pelino, 12 crianças com velas abriam o cortejo de entrada. Durante a celebração outras crianças leram, um grupo da paróquia dos Bugalhos encenou o evangelho, a paróquia da Sagrada Família – Entroncamento encenou o momento de pós-comunhão alusivo aos dons do Espírito Santo. Um dos momentos forte é sempre o ofertório onde as crianças e as paróquias são de uma grande generosidade e foi longo o cortejo em que as crianças ofereceram ao nosso bispo produtos típicos de cada região.

Foi verdadeiramente um dia de comunhão eclesial.

O Secretariado Diocesano agradece a pronta colaboração àqueles que tornaram possível este dia, as crianças, os pais, os párocos e restante comunidade. Aos catequistas a nossa mais profunda gratidão e a nossa acção de graças a Deus pela sua entrega, disponibilidade, empenho, gratuitidade, enfim… a sua missão geradora de vida.

SDCIA

Back to Top